CALENDÁRIO  

SEMANA 01

 

 

 

 

 

14.04.2001 Aula 02

 

 

18.04.2001 Aula 02

 

20.04.2001 Aula 03

 

 

Apresentação da Disciplina. Discussão do Plano de Ensino. Contextualização da Área de Genética de Populações. Início do Tópico 1. Populações Biológicas. População Panmítica e Pupulação Mendeliana. Processos de Estimação das Frequências Gênicas: a. um loco autossômico com dois alelos codominantes; b. um loco autossômico com dois alelos com dominância completa. 3hs.Princípio de Hardy-Weinberg. Propriedades do estado de equilíbrio gênico. 3h.

 

Exercícios sobre estimação das frequências gênicas. 2h.

SEMANA 02

 

 

 

 

 

25.04.2001 Aula 02

 

 

 

27.04.2001 Aula 03

Testes Estatísticos de Bondade de Ajuste para testar o modelo de equilíbrio de Hardy-Weinberg considerando um loco com dois alelos autossômicos codominantes. O Teste do Qui Quadrado. Restrições do teste. O fator de correção de Yates. O Teste G de Verossimilhança.

 

Estimação das frequências gênicas para um loco ligado ao cromossomo X. Frequência média populacional e frequência em equilíbrio. Estimação das frequências gênicas nas próximas gerações. Número de gerações necessárias para uma população atingir o estado de equilíbrio. 2h.

SEMANA 03

02.05.2001 Aula 05

 

 

04.05.2001 Aula 6

Estimação das frequências gênicas para um loco autossômico com polialelia. Estimação das frequências gênicas para o Sistema ABO de grupos sanguíneos humanos. 3h.

Estimação das Frequências Gênicas para o Sistema ABO de Grupos Sanguíneos utilizando amostras da população do Estado do Amazonas. 2h.

SEMANA 04

09.05.2001 Aula 7

 

 

11.05.2001 Aula 8

Verificação do estado de equilíbrio da população considerando o Sistema ABO. Trabalho em Grupo. 3h.

 

 

Estimação das frequências gênicas considerando dois locos gênicos com dois alelos cada: a. supondo associação independente. Obtenção da matriz gamética. Caraterização do estado de equilíbrio através do determinante da matriz gamética. Obtenção da matriz zigótica supondo equilíbrio. 2h

SEMANA 05

16.05.2001 Aula 09

 

 

 

18.05.2001 Aula 10

Estimação das frequências gênicas considerando dois locos gênicos com dois alelos cada: b. ligação gênica. Obtenção da matriz gamética. Caraterização do estado de equilíbrio através do determinante da matriz gamética. Obtenção da matriz zigótica supondo equilíbrio. 3h

 

Determinação do padrão de herança através do estudo de duas gerações. Combinações Mãe e filhos. Taxa de Snyder. 2h.

SEMANA 06

23.05.2001 Aula 11

 

25.05.2001 Aula 12

 

1a avaliação e entrega do conjunto de exercícios referentes ao Tópico 1

SEMANA 07

29.05.2001 Aula 13

 

 

 

01.06.2001 Aula 14

Início do Tópico 2. Causas das Mudanças nas Frequências Gênicas. Efeito da Seleção. Seleção Natural e Darwinismo. Conceitos de adaptabilidade (fitness), valor adaptativo (w, relative fitness) e coeficiente de seleção,(s). Métodos de Estimação de w. Modelos de Seleção: Seleção gamética. Seleção Zigótica. Efeito de seleção contra um gene autossômico recessivo. Pontos de equilíbrio sob esses modelos. 3h.

Modelos de Seleção. Seleção contra um gene autossômico dominante. Equilíbrio estável: Seleção a favor de heterozigotos. Determinação das frequências em equilíbrio. As frequências gênicas nas próximas gerações. 2h.

SEMANA 08

06.06.2001 Aula 15

 

 

08.06.2001 Aula 16

Equilíbrio instável: Seleção contra heterozigotos. Pontos de equilíbrio. Determinação das frequências gênicas nos pontos de equilíbrio. As Frequências gênicas nas próximas gerações. 3h.

 

Obtenção de gráficos considerando os diversos modelos de seleção e gráficos demonstrativos dos tipos de equilíbrio estável e instável, utilizando o software GENPOP. 2h.

SEMANA 09

13.06.2001 Aula 17

 

 

 

 

 

15.06.2001 Aula 18

Mutação. Métodos de estimação das taxas de mutação. A probabilidade de eliminação de uma mutação deletérea em uma população com tamanho constante através das gerações. Mutação recurrente e mutação reversa. Modelo populacional considerando mutação recurrente. Modelos populacionais considerando mutação recurrente e mutaçao reversa recessiva e dominante. Determinação das frequências gênicas em equilíbrio sob esses modelos. 3h.

 

 

Número de gerações necessárias sob modelos considerando mutação para as frequências gênicas atingirem determinados níveis. Exercícios utilizando o software GENPOP.2h.

SEMANA 10

20.06.2001 Aula 19

 

 

22.06.2001 Aula 20

Modelos populacionais considerando os efeitos conjuntos de mutação e seleção. Determinação das frequências em equilíbrio sob esses modelos. 3h.

 

Efeito da migração sobre as frequências gênicas. Utilização de modelo de migração para estimar as taxas de migração entre populações negras e brancas americanas atuais. Determinação dos melhores marcadores genéticos para estimação dessas taxas. 2h.

SEMANA 11

04.07.2001 Aula 21

 

 

06.07.2001 Aula 22

Deriva genética (genetic drift) como fator de mudança nas frequências gênicas. A importância desse fator sobre populações de tamanho pequeno. Simulações considerando o efeito da deriva em várias gerações. 2h.

 

Gráficos demonstrativos da tendência das frequências gênicas sob migração e deriva genética utilizando o software GENPOP. Exercícios.

SEMANA 12

11.07.2001 Aula 23

 

13.07.2001 Aula 24

 

2a Avaliação e entrega do conjunto de exercícios referentes ao Tópico 2.

SEMANA 13

01.08.2001 Aula 25

 

 

 

03.08.2001 Aula 26

Início do Tópico 3. O Efeito da Subdivisão de populações, o Efeito de Wahlund. 0 efeito do endocruzamento (F) nas populações. O coeficiente F de Wright. Métodos de estudos sobre a estrutura de populações e sub-populações utilizando o coeficiente F de Wright. Estimação dos coeficientes FIS, FST e FIT. 3h.

 

Exercícios sobre estimação do coeficiente F de Wright. 2h.

SEMANA 14

08.08.2001 Aula 27

 

 

10.08.2001 Aula 28

Polimorfismo Genético. Conceitos. Grau de heterozigose. Tipos de Estimativas Segundo Ayala. Utilização do Software GDA para estimativas de parâmetros populacionais. Elaboração de um arquivo de dados para leitura pelo GDA. 3h.

 

A Utilização de marcadores moleculares (isoenzimas) para estudos populacionais. Análise de dados populacionais considerando esse tipo de marcadores. vantagens e desvantagens do trabalho com isoenzimas.2h.

SEMANA 15

15.08.2001 Aula 29

 

 

17.08.2001 Aula 30

Os principais tipos de marcadores moleculares de DNA. As técnicas moleculares para obtenção desses marcadores. Análise de dados genéticos populacionais com marcadores RAPD. Vantagens e Desvantagens desse tipo de marcador. Software de análise: RAPD.

Análise de dados populacionais utilizando microsatélite de DNA. Softwares de análise: Arlequin, TFPGA, Phillip.

SEMANA DE PROVA FINAL

24.08.2001

ASSUNTO: TODA A MATÉRIA ACIMA DESCRITA

N.B. ESTA PROVA TEM PESO 1 E OS EXERCÍCIOS ESCOLARES PESO 2 CONFORME NORMAS DA FUA.

Plano de Ensino 2000|Calendário|Exercícios|Pajela|Principals